Home > Aimorés > História de

História de Aimorés

Fundada em 5 de setembro de 1916, a cidade que faz parte da microrregião de Aimorés, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Aimorés tem um total de 1353.06 km², com uma população de 25269 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e os distrito de Alto do Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alício, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, Santo Antônio do Rio Doce, São Sebastião da Vala, Tabaúna e São José do Limoeiro, sendo um município região de influência de Baixo Guandu - Centro de Zona B (4B) , fazendo divisa com os municípios de Norte: Itueta (MG); Nordeste: Baixo Guandu (ES); Leste: Laranja da Terra (ES); Sudeste: Afonso Cláudio (ES); Sul: Brejetuba (ES); Sudoeste: Mutum (MG); Oeste: Pocrane (MG); Noroeste: Santa Rita do Itueto (MG)., sendo os nascentes na cidade chamados de aimorense.

Aimorés-MG

Fundada em 5 de setembro de 1916, a cidade que faz parte da microrregião de Aimorés, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Aimorés tem um total de 1353.06 km², com uma população de 25269 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e os distrito de Alto do Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alício, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, Santo Antônio do Rio Doce, São Sebastião da Vala, Tabaúna e São José do Limoeiro, sendo um município região de influência de Baixo Guandu - Centro de Zona B (4B) , fazendo divisa com os municípios de Norte: Itueta (MG); Nordeste: Baixo Guandu (ES); Leste: Laranja da Terra (ES); Sudeste: Afonso Cláudio (ES); Sul: Brejetuba (ES); Sudoeste: Mutum (MG); Oeste: Pocrane (MG); Noroeste: Santa Rita do Itueto (MG)., sendo os nascentes na cidade chamados de aimorense.

História de Aimorés

O DESBRAVAMENTO da região onde fica o Município de Aimorés data de 1856 a 1860, quando os primeiros posseiros, os irmãos João e Luís de Aguiar e um cunhado de nome Inácio Mançores, vindos da Paraíba do Sul (RJ), chegaram a propriedade do Tenente Francisco Ferreira da Silva, no Município de Manhuaçu, ganharam as cabeceiras do rio Pocrane, no Município de Ipanema, seguiram margeando-o até o rio Manhuaçu, por este desceram até a confluência com o rio Doce.

Como o lugar oferecesse vantagens econômicas, com seu solo fértil, caça abundante e rios piscosos, estabeleceram-se como produtores rurais e mineradores em busca de ouro e pedras preciosas. Só por volta de 1870 vieram para o município os desbravadores com o verdadeiro propósito de implantar o progresso através da agricultura e da pecuária. Entre esses destaca-se Paulo Martins dos Santos.

Denominaram a nova terra de Natividade. Incentivaram a agricultura, a pecuária e foram aos poucos povoando o local que até então era dominado pela tribo dos tapuias ou aimures.

Outras pessoas foram atraídas pela notícia da fertilidade e riqueza da zona e para lá se dirigiram, crescendo assim a localidade.

Devido ao litígio em relação às suas divisas com o estado vizinho do Espírito Santo são frequentes os atos ou termos em duplicata, criando seus distritos.

Origem do Nome

Em 1915 passou a chamar-se Aimorés, em homenagem aos primitivos habitantes da terra, os índios botocudos do grupo 'aimure/guimaré' (aimoré).

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Barra do Manhuaçu, pela lei estadual nº 556, de 30/08/1911, na antiga povoação de Natividade da Barra do Manhuaçu.

Tendo sido constituído com parte do território transferido do Estado do Espírito Santo. Sendo a transferência desta parte ratificada pelo Laudo Arbitral firmado pelos dois estados em 30/11/1914.

A Lei nº 663, de 18/09/1915, criou o distrito de Aimorés.

Elevado á categoria de município com a denominação de Aimorés, pela lei estadual nº 673, de 05/09/1916, desmembrado do município de Rio José Pedro, mais tarde denominado Ipanema. Sede na povoação de Natividade. Constituído de 5 distritos: Aimorés, São Sebastião do Alto Capim, Penha do Capim, e São Benedito, todos criados pela mesma lei supracitada. Ainda por esta lei, Aimorés adquiriu do município de Caratinga o distrito de Resplendor. O município de Aimorés foi instalado em 24/02/1917.

Pela lei estadual nº 843, de 07/09/1923, o distrito de Alto Capim passou a denominar-se São Sebastião do Alto Capim e São Benedito a chamar-se Tabaúna.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Aimorés, pela lei estadual n.º 893, 10/09/1925.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Aimorés, Penha do Capim, Resplendor, São Sebastião do Alto Capim (ex-Alto Capim) e Tabaúna (ex-São Benedito).

Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17/12/1938, desmembra do município de Aimorés o distrito de Resplendor. Elevado à categoria de município e também pela lei supracitada o distrito de São Sebastião do Alto Capim voltou a chamar-se Alto Capim.

Pela lei estadual nº 336, de 27/12/1948, são criados os distritos de Conceição do Capim, criado com terras desmembradas dos distritos de Aimorés (distrito sede), Penha do Capim e Tabaúna e o Distrito de Expedicionário Alício, ex-povoado de Mata Três, criado com terra desmembrada do distrito de Penha do Capim e anexados ao município de Aimorés.

Pela lei estadual nº 2764, de 30/12/1962, são criados os distritos de Mundo Novo de Minas e São Sebastião da Vala e anexados ao município de Aimorés.

Em divisão territorial datada de 31/12/1963, o município é constituído de 8 distritos: Aimorés, Alto Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alicio, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, São Sebastião da Vala e Tabaúna.

Pela lei municipal nº 1499, de 31/10/1995, é criado o distrito de Santo Antônio do Rio Doce, ex-povoado e anexado ao município de Aimorés.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 9 distritos: Aimorés, Alto do Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alicio, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, Santo Antônio do Rio Doce, São Sebastião da Vala e Tabaúna.

Pela Lei Municipal Nº 2.692 de 02/12/2019, é criado o distrito de São José do Limoeiro.

Bandeira e Brasão da Cidade de Aimorés

Geografia

População [2022]: 25269 (IBGE)

Densidade Demográfica [2022]: 18.68 hab./km² (IBGE)

Área Total: 1353.06 km² (FJP)

Área Urbanizada [2019]: 5.58 km² (IBGE)

Divisas: Norte: Itueta (MG); Nordeste: Baixo Guandu (ES); Leste: Laranja da Terra (ES); Sudeste: Afonso Cláudio (ES); Sul: Brejetuba (ES); Sudoeste: Mutum (MG); Oeste: Pocrane (MG); Noroeste: Santa Rita do Itueto (MG).

População

Distrito Criação População % População
Aimorés 16257 hab. 64.34%
Alto do Capim 1916 1287 hab. 5.09%
Conceição do Capim 1948 1094 hab. 4.33%
Expedicionário Alício 1948 795 hab. 3.15%
Mundo Novo de Minas 1962 636 hab. 2.52%
Penha do Capim 1916 997 hab. 3.95%
Santo Antônio do Rio Doce 1995 1680 hab. 6.65%
São Sebastião da Vala 1962 1404 hab. 5.56%
Tabaúna 1916 708 hab. 2.80%
São José do Limoeiro 2019 411 hab. 1.63%
- - 25269 hab. -

Território

Distrito Área Densidade % Área
Aimorés 247.34 km² 65.73 hab/km² 18.28%
Alto do Capim 129.62 km² 9.93 hab/km² 9.58%
Conceição do Capim 173.87 km² 6.29 hab/km² 12.85%
Expedicionário Alício 66.62 km² 11.93 hab/km² 4.92%
Mundo Novo de Minas 90.66 km² 7.02 hab/km² 6.70%
Penha do Capim 128.41 km² 7.76 hab/km² 9.49%
Santo Antônio do Rio Doce 156.95 km² 10.70 hab/km² 11.60%
São Sebastião da Vala 180.90 km² 7.76 hab/km² 13.37%
Tabaúna 102.66 km² 6.90 hab/km² 7.59%
São José do Limoeiro 76.03 km² 5.41 hab/km² 5.62%
- 1353.06 km² 18.68 hab/km² -

Aspectos Naturais

Clima:

Temperatura:

Índice Médio Pluviométrico Anual:

Hidrografia:

Bioma: Mata Atlântica

Vegetação:

Fauna:

Relevo:

Altitude Máxima:

Altitude Mínima:

Economia

Agropecuária:

Extrativismo:

Indústria:

Comércio e Serviços:

Impostômetro | Arrecadação de Impostos 2019 a 2022:

2019: 2020: 2021: 2022:

Mais Dados:

PIB per capita [2020] R$
Receitas de Fontes Externas [2015] %
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2021] 1,7 salários mínimos
Pessoal Ocupado [2021] 9.944 pessoas
População Ocupada [2021] 19,68%
Mortalidade Infantil [2020] 4,84 óbitos por mil nascidos vivos
Internações por diarreia [2016] 1,1 internações por mil habitantes

Educação

Escolas Estaduais:

Escolas Municipal:

Escolarização de 6 a 14 anos [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F [2021]
IDEB – Anos finais do E.F [2021]

Cultura

Datas comemorativas

Dezembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Patrimônio Cultural

Turismo

Turismo Histórico-Cultural:

Ecoturismo:

Turismo Rural:

Turismo de Esportes:

Turismo de Negócios:

Turismo Gastronômico:

Turismo Religioso:

Esporte

Futebol: Campeonato Municipal

Futsal:

Ciclismo:

Atletismo:

Esportes Radicais:

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Aimorés

Atualmente são 10 distritos, Aimorés (distrito-sede), Alto do Capim, Conceição do Capim, Expedicionário Alício, Mundo Novo de Minas, Penha do Capim, Santo Antônio do Rio Doce, São Sebastião da Vala e Tabaúna

1. Aimorés

O distrito-sede de Aimorés tem uma área de 247.34 km² dos 1353.06 km², ou seja, 18.28% do território.

Mapa do Distrito de Aimorés

2. Alto do Capim

O distrito de Alto do Capim tem uma área de 129.62 km², ou seja, 9.58% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 673 de 5/9/1916.

Mapa do Distrito de Alto do Capim

3. Conceição do Capim

O distrito de Conceição do Capim tem uma área de 173.87 km², ou seja, 12.85% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 336 de 27/12/1948.

Mapa do Distrito de Conceição do Capim

4. Expedicionário Alício

O distrito de Expedicionário Alício tem uma área de 66.62 km², ou seja, 4.92% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 336 de 27/12/1948.

Mapa do Distrito de Expedicionário Alício

5. Mundo Novo de Minas

O distrito de Mundo Novo de Minas tem uma área de 90.66 km², ou seja, 6.70% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 2.764 de 30/12/1962.

Mapa do Distrito de Mundo Novo de Minas

6. Penha do Capim

O distrito de Penha do Capim tem uma área de 128.41 km², ou seja, 9.49% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 673 de 5/9/1916.

Mapa do Distrito de Penha do Capim

7. Santo Antônio do Rio Doce

O distrito de Santo Antônio do Rio Doce tem uma área de 156.95 km², ou seja, 11.60% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 1.499/95 de 31/10/1995.

Mapa do Distrito de Santo Antônio do Rio Doce

8. São Sebastião da Vala

O distrito de São Sebastião da Vala tem uma área de 180.90 km², ou seja, 13.37% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 2.764 de 30/12/1962.

Mapa do Distrito de São Sebastião da Vala

9. Tabaúna

O distrito de Tabaúna tem uma área de 102.66 km², ou seja, 7.59% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 673 de 5/9/1916.

Mapa do Distrito de Tabaúna

10. São José do Limoeiro

O distrito de São José do Limoeiro tem uma área de 76.03 km², ou seja, 5.62% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2.692 de 02/12/2019.

Mapa do Distrito de São José do Limoeiro

Comunidades Rurais

Comunidades Quilombolas

Mapa da Cidade de Aimorés

Tempo na Cidade de Aimorés

Fontes:

IBGE, Fundação João Pinheiro, Site da Prefeitura de Aimorés, Iepha, Cefedes, Wikipédia, Minas, Emater.