Home > Pocrane > História de

História de Pocrane

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Aimorés, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Pocrane tem um total de 690.06 km², com uma população de 8350 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e os distrito de Assaraí e Barra da Figueira, sendo um município região de influência de Ipanema - Centro de Zona B (4B) , fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de pocranense.

Pocrane-MG

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Aimorés, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Pocrane tem um total de 690.06 km², com uma população de 8350 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e os distrito de Assaraí e Barra da Figueira, sendo um município região de influência de Ipanema - Centro de Zona B (4B) , fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de pocranense.

História de Pocrane

Entre os anos de 1831 e 1837 veio habitar no território da cabeceira do ribeirão que ficou conhecido pela denominação de Pocrane, o índio que tinha este nome, pertencente a família dos Botocudos que habitavam o Vale do Rio Doce, catequisado pelo sertanista Guido Thomas Marliére, que desde 1824 vinha dirigindo o serviço de catequese daquela região, sediado em Santana do Affiére, Município de São Domingos do Prata.

O índio tendo conhecimento da existência de outras tribos no lugar hoje denominado Pocrane, para lá se transferiu, vindo de Cuieté. Ao chegar conseguiu sobrepor-se aos outros índios, passando a chefiar a Tribo local dos Coroados. Permaneceu na região até 1843, de onde migrou para o Município de Antônio Dias, no qual faleceu em 1844.

No ano de 1843, Manoel Antônio de Souza desceu o Rio Manhuaçu para assinalar posses de terras e alcançou a barra do Rio José Pedro, por onde subiu até alcançar o ribeirão cujo nome seria mais tarde o de Pocrane. Ali marcou posses atingindo as terras dominadas pelo índio Pockrane.

As terras que Manoel Antônio de Souza posseava começavam na Serra da Cresciúma e findavam nas matas pertencentes à Tribo do Coroados. As posses por Manoel Antônio de Souza demarcadas, foram vendidas para Antônio Dutra de Carvalho, conhecido pelo apelido de Dutrão.

Aproveitando-se da ausência do índio Pockrane, que migrara para o Município de Antônio Dias, Manoel Antônio de Souza tomou posse de outra parte das terras dos índios Coroados. Após o falecimento de Manoel Antônio de Souza, sua viúva vendeu as terras ao Tenente Francisco Ferreira, o qual adquirindo outra glebas requereu a legitimação de uma sesmaria que deu o nome de Bom Retiro.

Nessa mesma época, Antônio Justiniano Monteiro Godoy adquiriu posses de Francisco Henrique e João Francisco Henrique (índios catequisados pelo índio Pockrane) no lugar conhecido por Córrego da Bananeira, requerendo em seguida a legitimação de uma sesmaria a que deu o nome de São Mateus. Tais sesmarias, atualmente desmembradas, limitam-se com a cidade de Pocrane.

Gentílico: pocranense

Origem do Nome

Índio Pockrane

Formação administrativa

O Distrito de Pocrane, atualmente Sede, foi criado pelo Decreto Estadual nº 171, art. 1º, datado de 22/08/1890, com a denominação de Nossa Senhora da Penha de Pocrane, sendo constituído de territórios desmembrados do Município São Lourenço do Manhuassú, atualmente Manhuaçu, para integrar o novo Município de São João do Caratinga, atualmente Caratinga, também criado pelo referido Decreto Estadual nº 171.

Até ser elevado à categoria de Distrito de Paz, o mesmo tinha categoria de Distrito Policial, criado por ato de 25 de novembro de 1880, pertencente ao então Município de São Lourenço do Manhuassú, cuja área abrangia até o território que veio a constituir o novo Município de Aimorés.

Antes de ser elevado à categoria de Distrito Policial, o território de Pocrane tinha categoria de Freguesia Paroquial, pertencente a Vermelho Novo, da Paróquia de Ponte Nova.

O Distrito de Assaraí foi criado pela Lei nº 556, art. 2º, nº XXXVII, de 30/08/1911, de território desmembrado do Distrito de Pocrane com a denominação de Passagem do Manhuassú, sendo transferido para o Município de Rio José Pedro pela Lei nº 590, de 1912, sendo então alterado o seu topônimo para Passagem do Rio José Pedro. Pela Lei nº 843, de 07/09/1923, foi novamente alterado o seu topônimo para Passagem, nome que conservou até o dia 31/12/1943, quando o Decreto-Lei nº 1058 o alterou definitivamente para Assaraí.

O Distrito de Barra da Figueira, sediado no Povoado do mesmo nome, foi criado pela Lei nº 336, de 27/12/1948, sendo constituído do território desmembrado dos distritos de Pocrane e Assaraí. Sua instalação ocorreu em outubro/1949.

Em 1948, foi criado o município, desmembrado do município de Ipanema.

Bandeira e Brasão da Cidade de Pocrane

Geografia

População [2022]: 8350 (IBGE)

Densidade Demográfica [2022]: 12.10 hab./km² (IBGE)

Área Total: 690.06 km² (FJP)

Área Urbanizada [2019]: 1.88 km² (IBGE)

Divisas:

População

Distrito Criação População % População
Pocrane 5316 hab. 63.66%
Assaraí 1911 1408 hab. 16.86%
- - 8350 hab. -

Território

Distrito Área Densidade % Área
Pocrane 148.91 km² 35.70 hab/km² 21.58%
Assaraí 261.67 km² 5.38 hab/km² 37.92%
- 690.06 km² 12.10 hab/km² -

Aspectos Naturais

Clima:

Índice Médio Pluviométrico Anual:

Hidrografia:

Bioma: Mata Atlântica

Vegetação:

Fauna:

Relevo:

Altitude: Máxima:

Economia

Agropecuária:

Extrativismo:

Indústria:

Comércio e Serviços:

Impostômetro | Arrecadação de Impostos 2019 a 2022:

2019: 2020: 2021: 2022:

Mais Dados:

PIB per capita [2020] R$
Receitas de Fontes Externas [2015] %
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2021] 1,7 salários mínimos
Pessoal Ocupado [2021] 9.944 pessoas
População Ocupada [2021] 19,68%
Mortalidade Infantil [2020] 4,84 óbitos por mil nascidos vivos
Internações por diarreia [2016] 1,1 internações por mil habitantes

Educação

Escolas Estaduais:

Escolas Municipal:

Escolarização de 6 a 14 anos [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F [2021]
IDEB – Anos finais do E.F [2021]
Matrículas no E.F [2021]
Matrículas no E. Médio [2021]
Docentes no E.F [2021]
Docentes no E. Médio [2021]
Escolas: E.F [2021]
Escolas: E. Médio [2021]

Cultura

Datas comemorativas

Dezembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Patrimônio Cultural

Turismo

Turismo Histórico-Cultural:

Ecoturismo:

Turismo Rural:

Turismo de Esportes:

Turismo de Negócios:

Turismo Gastronômico:

Turismo Religioso:

Esporte

Futebol: Campeonato Municipal

Futsal:

Ciclismo:

Atletismo:

Esportes Radicais:

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Pocrane

Atualmente são 3 distritos, Pocrane (distrito-sede), Assaraí e Barra da Figueira.

1. Pocrane

O distrito-sede de Pocrane tem uma área de 148.91 km² dos 690.06 km², ou seja, 21.58% do território.

Mapa do Distrito de Pocrane

2. Assaraí

O distrito de Assaraí tem uma área de 261.67 km², ou seja, 37.92% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 1.039 de 12/12/1953 (Lei Estadual nº 556 de 30/8/1911).

Mapa do Distrito de Assaraí

3. Barra da Figueira

O distrito de Barra da Figueira tem uma área de 279.47 km², ou seja, 40.50% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 336 de 27/12/1948.

Mapa do Distrito de Barra da Figueira

Comunidades Rurais

Comunidades Quilombolas

Mapa da Cidade de Pocrane

Tempo na Cidade de Pocrane

Fontes:

IBGE, Fundação João Pinheiro, Site da Prefeitura de Pocrane, Iepha, Cefedes, Wikipédia, Minas, Emater.