Home > Campanário > História de

História de Campanário

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Governador Valadares, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Campanário tem um total de 442.81 km², com uma população de 2923 habitantes, existindo apenas o distrito-sede, sendo um município região de influência de Teófilo Otoni - Capital Regional C (2C), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de campanarense.

Campanário-MG

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Governador Valadares, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Campanário tem um total de 442.81 km², com uma população de 2923 habitantes, existindo apenas o distrito-sede, sendo um município região de influência de Teófilo Otoni - Capital Regional C (2C), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de campanarense.

História de Campanário

A região onde se localiza a cidade, em seus primórdios, era habitada pelos "Botocudos", Bororós, Nacnanucs e Pochichás.

Por volta de 1890, chegaram as famílias de Tiago Domingos dos Santos, Tiago Alves Soares, seus irmãos, e a de Antônio Duarte Sobrinho, ali se fixando.

Sete anos depois, em 08 de outubro de 1897, os "fundadores" de Itambacuri, capuchinhos Frei Serafim de Gorízia e Frei Ângelo de Sassoferrato, chegaram para a colonização dos índios, logo construindo uma pequena capela dedicada ao Senhor Bom Jesus. Iniciava-se a formação do povoado que recebeu o nome de Igreja Nova.

Sendo a região propícia à agricultura, logo foi aberta a estrada de tropa entre Itambacuri e Igreja Nova. A seguir, a estrada de rodagem entre Itambacuri e Governador Valadares, propiciando o desbravamento da região, apesar do temível impaludismo que dizimava os colonos.

Mais tarde, foi construída a rodovia federal Rio-Bahia, tendo o DNER construído uma sede de acampamento no povoado, o que possibilitou um rápido avanço. A agropecuária dirigiu a evolução municipal.

Origem do Nome

O nome Igreja Nova foi dado por ter sido construída uma Igreja nova em relação à de Nossa Senhora dos Anjos, existente em Itambacuri. Adotou-se, depois, o topônimo Campanário, lembrando a primeira Igreja, construída para a colonização dos Indígenas.

Formação administrativa

Distrito criado com denominação de Igreja Nova ex-povoado, pela lei estadual nº 843, de 07/09/1923, subordinado ao município de Itambacuri. Instalado em 18 de maio de 1924.

Pelo decreto estadual nº 148, de 17/12/1938, o distrito de Igreja Nova, perdeu parte do território para os novos distritos de São Fidélis e São Pedro, do mesmo município; parte para o novo distrito de Eme, do município de Resplendor; e parte para os novos distritos de Aldeia, Bom Jesus do Mantena, Penha Norte e São Tomé do novo município de Conselheiro Pena.

Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31/12/1943, o distrito de Igreja Nova passou a denominar-se Campanário.

Pela lei nº 2764 de 30/12/1962 é criado o município de Campanário, e os distritos de São Sebastião do Barreiro (ex-povoado de Limeira, hoje São Sebastião do Barroso) e Jampruca. Instalado em 01/03/1963.

Pela lei estadual nº 10704, de 27/04/1992, desmembra do município de Campanário os distritos de Jampruca e São Sebastião do Barreiro, para formar o novo município de Jampruca.

Bandeira e Brasão

Bandeiras da cidade de Campanário, Minas Gerais, Brasil.
Brasão da cidade de Campanário, Minas Gerais, Brasil.

Geografia

População [2022]: 2923 (IBGE)

Densidade Demográfica [2021]: 6.60 hab./km² (IBGE)

Área Total: 442.81 km² (FJP)

Área Urbanizada [2019]: 0.83 km² (IBGE)

Divisas:

População

Distrito Criação População % População
Campanário 2923 hab. 100.00%
- - 2923 hab. -

Território

Distrito Área Densidade % Área
Campanário 442.81 km² 6.60 hab/km² 100.00%
- 442.81 km² 6.60 hab/km² -

Aspectos Naturais

Clima:

Índice Médio Pluviométrico Anual:

Hidrografia:

Bioma: Cerrado

Vegetação:

Fauna:

Relevo:

Altitude: Máxima:

Economia

Agropecuária:

Extrativismo:

Indústria:

Comércio e Serviços:

Impostômetro | Arrecadação de Impostos 2019 a 2022:

2019: 2020: 2021: 2022:

Mais Dados:

PIB per capita [2020] R$
Receitas de Fontes Externas [2015] %
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2021] 1,7 salários mínimos
Pessoal Ocupado [2021] 9.944 pessoas
População Ocupada [2021] 19,68%
Mortalidade Infantil [2020] 4,84 óbitos por mil nascidos vivos
Internações por diarreia [2016] 1,1 internações por mil habitantes

Educação

Escolas Estaduais:

Escolas Municipal:

Escolarização de 6 a 14 anos [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F [2021]
IDEB – Anos finais do E.F [2021]
Matrículas no E.F [2021]
Matrículas no E. Médio [2021]
Docentes no E.F [2021]
Docentes no E. Médio [2021]
Escolas: E.F [2021]
Escolas: E. Médio [2021]

Cultura

Datas comemorativas

Dezembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Patrimônio Cultural

Turismo

Turismo Histórico-Cultural:

Ecoturismo:

Turismo Rural:

Turismo de Esportes:

Turismo de Negócios:

Turismo Gastronômico:

Turismo Religioso:

Esporte

Futebol: Campeonato Municipal

Futsal:

Ciclismo:

Atletismo:

Esportes Radicais:

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Campanário

Atualmente existe apenas o Campanário (distrito-sede).

1. Campanário

O distrito-sede de Campanário tem uma área de 442.81 km² dos 442.81 km², ou seja, 100.00% do território.

Mapa do Distrito de Campanário

Comunidades Rurais

Comunidades Quilombolas

Mapa da Cidade de Campanário

Tempo na Cidade de Campanário

Fontes:

IBGE, Fundação João Pinheiro, Site da Prefeitura de Campanário, Iepha, Cefedes, Wikipédia, Minas, Emater.