História de Espinosa

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Janaúba, na mesorregião do Norte de Minas, Espinosa tem um total de 1877.04 km², com uma população de 30443 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e o distrito de Itamirim, sendo um município região de influência de Montes Claros - Capital Regional B (2B), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de espinosense.

Espinosa-MG

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Janaúba, na mesorregião do Vale do Rio Doce, Espinosa tem um total de 1877.04 km², com uma população de 30443 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e o distrito de Itamirim, sendo um município região de influência de Montes Claros - Capital Regional B (2B), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de espinosense.

História de Espinosa

Espinosa era um distrito de Boa Vista do Tremendal. Foi elevado à condição de vila em 1923 e de cidade em 1925. O município está localizado na região norte de Minas Gerais.

Por um longo período, sua economia era baseada no algodão. Entretanto, a cultura do algodoeiro atravessou grandes dificuldades na década de 1980. Entre elas a praga do bicudo, responsável por sérios prejuízos, e os incentivos oferecidos para compra de algodão importado, que fizeram a demanda interna do produto entrar em declínio. Posteriormente o município passou a se destacar como polo de confecções.

Origem do Nome

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Lençóis (ex-povoado), pela Lei Provincial n.º 1.905, de 19-07-1872, e por Lei Estadual n.º 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Boa Vista do Tremendal.

Fica criado o distrito (de paz) no povoado de Santa Rita (hoje distrito de Itamirim), do município (Vila) do Rio Pardo pela Lei Provincial nº 2.145 de 29/10/1875.

Nos quadros do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o distrito de Lençóis aparece com a denominação de Lençóis do Rio Verde.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Espinosa, pela Lei Estadual n.º 843, de 07-09-1923, desmembrado de Tremendal (ex-Boa Vista do Tremendal, hoje Monte Azul). Sede na povoação de São Sebastião dos Lençóis. Constituído de 4 distritos: Espinosa, São Sebastião dos Lençóis, Santo Antônio das Mamonas e Itamirim (ex-Santa Rita). Instalado em 09-03-1924.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Espinosa, pela Lei Estadual n.º 885, de 27-01-1925.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Espinosa (ex-São Sebastião dos Lençóis), Itamirim e Santo Antônio de Mamonas.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 448, de 17-12-1938, o distrito de Santo Antônio das Mamonas passou a denominar-se simplesmente Mamonas.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Espinosa, Itamirim e Mamonas (ex-Santo Antônio das Mamonas).

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 3 distritos: Espinosa, Itamirim e Mamonas.

Pela Lei Estadual n.º 6.769, de 13/5/1976, é criado o distrito de Barrinha, e anexado ao município de Espinosa.

Pela Lei Estadual n.º 10.704, de 27-04-1992, é desmembrado do município de Espinosa os distritos de Mamonas e Barrinho. Para formar o novo município de Mamonas.

Bandeira e Brasão

Bandeiras da cidade de Espinosa, Minas Gerais, Brasil.
Brasão da cidade de Espinosa, Minas Gerais, Brasil.

Geografia

População

População [2022]: 30443 (IBGE)

Densidade Demográfica [2021]: 16.22 hab./km² (IBGE)

Território

Área Total: 1877.04 km² (FJP)

Área Urbanizada [2019]: 6.15 km² (IBGE)

Divisas:

Distrito Área Total
Espinosa 759.64 km² 40.47 %
Itamirim 1117.40 km² 59.53 %
Total 1877.04 km²

Aspectos Naturais

Clima:

Índice Médio Pluviométrico Anual:

Hidrografia:

Bioma: Cerrado

Vegetação:

Fauna:

Relevo:

Altitude: Máxima:

Economia

Agropecuária:

Extrativismo:

Indústria:

Comércio e Serviços:

Impostômetro | Arrecadação de Impostos 2019 a 2022:

2019: 2020: 2021: 2022:

Mais Dados:

PIB per capita [2020] R$
Receitas de Fontes Externas [2015] %
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2021] 1,7 salários mínimos
Pessoal Ocupado [2021] 9.944 pessoas
População Ocupada [2021] 19,68%
Mortalidade Infantil [2020] 4,84 óbitos por mil nascidos vivos
Internações por diarreia [2016] 1,1 internações por mil habitantes

Educação

Escolas Estaduais:

Escolas Municipal:

Escolarização de 6 a 14 anos [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F [2021]
IDEB – Anos finais do E.F [2021]
Matrículas no E.F [2021]
Matrículas no E. Médio [2021]
Docentes no E.F [2021]
Docentes no E. Médio [2021]
Escolas: E.F [2021]
Escolas: E. Médio [2021]

Cultura

Datas comemorativas

Dezembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Patrimônio Cultural

Turismo

Turismo Histórico-Cultural:

Ecoturismo:

Turismo Rural:

Turismo de Esportes:

Turismo de Negócios:

Turismo Gastronômico:

Turismo Religioso:

Esporte

Futebol: Campeonato Municipal

Futsal:

Ciclismo:

Atletismo:

Esportes Radicais:

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Espinosa

Atualmente são 2 distritos, Espinosa (distrito-sede) e Itamirim.

1. Espinosa

O distrito-sede de Espinosa tem uma área de 759.64 km² dos 1877.04 km², ou seja, 40.47% do território.

Mapa do Distrito de Espinosa

2. Itamirim

O distrito de Itamirim tem uma área de 1117.40 km², ou seja, 59.53% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 1.039 de 12/12/1953 (Lei Provincial nº 2.145 de 29/10/1875).

Mapa do Distrito de Itamirim

Comunidades Rurais

Comunidades Quilombolas

Mapa da Cidade de Espinosa

Tempo na Cidade de Espinosa

Fontes:

IBGE, Fundação João Pinheiro, Site da Prefeitura de Espinosa, Iepha, Cefedes, Wikipédia, Minas, Emater.