História de Matias Cardoso

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Januária, na mesorregião do Norte de Minas, Matias Cardoso tem um total de 1942.85 km², com uma população de 8895 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e o distrito de Rio Verde de Minas, sendo um município região de influência de Montes Claros - Capital Regional B (2B), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de matiense.

Matias Cardoso-MG

Fundada em , a cidade que faz parte da microrregião de Januária, na mesorregião do Vale do Rio Norte, Matias Cardoso tem um total de 1942.85 km², com uma população de 8895 habitantes, divididos entre o distrito-sede, e o distrito de Rio Verde de Minas, sendo um município região de influência de Montes Claros - Capital Regional B (2B), fazendo divisa com os municípios de , sendo os nascentes na cidade chamados de matiense.

História de Matias Cardoso

Por volta dos anos 1612, conforme o historiador paulista Affonso de Taunay (1948), bandeiras anônimas paulistas começam a percorrer o rio São Francisco criando o que veio a se chamar, posteriormente, de Caminho Geral do Sertão.

Na década de 1650, a sociedade do Recôncavo baiano com grupos indígenas aliados a negros aquilombados no sertão. Como diversas expedições baianas que buscaram destruir não conseguiram, o governo da Capitania Bahia entendeu de pedir auxílio a paulistas.

Dentre eles, Mathias Cardoso de Almeida que comandava a bandeira herdada de seu pai, conduziu um grupo de mais de cem ″bandeirantes″, além de escravos negros e indígenas para a região média do rio São Francisco, objetivando aprear índios e exterminar com os quilombos, cuja existência na visão racista de Affonso de Taunay ameaçavam constantemente as povoações dedicadas ao cultivo da cana de açúcar e à criação de gado.

Ao chegar, por volta de 1660 na região do rio Verde Grande, Mathias Cardoso de Almeida e seu grupo aí se estabeleceu. Foram fundados alguns arraiais e algumas fazendas, dentre eles, o Arraial do Meio ou de Mathias Cardoso e a fazenda Jaíba de Antônio Gonçalves Figueira nas cabeceiras do rio das Rãs.

Entretanto, pouco depois de estabelecidos os arraiais nas margens do rio Verde Grande tiveram que mudar suas localizações devido às inundações e à insalubridade da área. Fundou-se então, nas margens do rio São Francisco e amparado por algumas elevações rochosas, o povoado de Morrinhos, hoje cidade de Matias Cardoso. Essa a primeira povoação duradoura a se estabelecer no território mineiro, apesar de na época pertencer à Capitania da Bahia.

Desde sua fundação por volta de 1660, a sociedade pastoril disseminada a partir de Morrinhos se dedicou à criação de gado e à produção de gêneros alimentícios, que comercializavam com a cidade de Salvador. Daí a existência de um caminho que ligava as duas cidades e que posteriormente fizeram parte dos chamados caminhos do sertão ou caminhos da Bahia.

O comércio com a sociedade baiana era tão intenso e lucrativo que possibilitou à população de Morrinhos construir uma imensa igreja, a primeira de Minas Gerais, ainda hoje existente na cidade de Matias Cardoso, ela era e é dedicada a Nossa Senhora da Conceição. Constituiu-se como primeira freguesia no território do Estado de Minas Gerais. Fato que ocorreu no ano de 1695, antes mesmo da fundação do Arraial de Nossa Senhora do Carmo, hoje Mariana, que ocorre em julho de 1696, alguns meses depois.

Origem do Nome

Formação administrativa

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora da Conceição de Morrinhos, por alvará de 1755.

Pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, o distrito de Nossa Senhora da Conceição de Morrinhos, foi transferido do município de Januária, para formar o novo município de Manga com a denominação de Matias Cardoso.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1-VII-1960, o distrito de Matias Cardoso (ex-Nossa Senhora da Conceição de Morrinhos), figura no município de Manga.

Elevado à categoria à categoria de município com a denominação de Matias Cardoso, pela Lei Estadual 10.704, de 27-04-1992, desmembrado de Manga.

Pela Lei Estadual nº 2, de 22-01-1996, é criado o distrito de Rio Verde de Minas e anexado ao município de Matias Cardoso.

Bandeira e Brasão

Lajedinho, Lajedão, Gleba Cinco Horizonte do Gama (Lajedão)
Bandeiras da cidade de Matias Cardoso, Minas Gerais, Brasil.
Brasão da cidade de Matias Cardoso, Minas Gerais, Brasil.

Geografia

População

População [2022]: 8895 (IBGE)

Densidade Demográfica [2021]: 4.58 hab./km² (IBGE)

Território

Área Total: 1942.85 km² (FJP)

Área Urbanizada [2019]: 2.77 km² (IBGE)

Divisas:

Distrito Área Total
Matias Cardoso 1573.92 km² 81.01 %
Rio Verde de Minas 368.93 km² 18.99 %
Total 1942.85 km²

Aspectos Naturais

Clima:

Índice Médio Pluviométrico Anual:

Hidrografia:

Bioma: Cerrado

Vegetação:

Fauna:

Relevo:

Altitude: Máxima:

Economia

Agropecuária:

Extrativismo:

Indústria:

Comércio e Serviços:

Impostômetro | Arrecadação de Impostos 2019 a 2022:

2019: 2020: 2021: 2022:

Mais Dados:

PIB per capita [2020] R$
Receitas de Fontes Externas [2015] %
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2021] 1,7 salários mínimos
Pessoal Ocupado [2021] 9.944 pessoas
População Ocupada [2021] 19,68%
Mortalidade Infantil [2020] 4,84 óbitos por mil nascidos vivos
Internações por diarreia [2016] 1,1 internações por mil habitantes

Educação

Escolas Estaduais:

Escolas Municipal:

Escolarização de 6 a 14 anos [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F [2021]
IDEB – Anos finais do E.F [2021]
Matrículas no E.F [2021]
Matrículas no E. Médio [2021]
Docentes no E.F [2021]
Docentes no E. Médio [2021]
Escolas: E.F [2021]
Escolas: E. Médio [2021]

Cultura

Datas comemorativas

Dezembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Patrimônio Cultural

A cidade ribeirinha, banhada pelo Rio São Francisco, é uma das principais atrações turísticas do município, além do centro histórico da cidade composta por casarões centenários.

Turismo

Turismo Histórico-Cultural:

Ecoturismo:

Turismo Rural:

Turismo de Esportes:

Turismo de Negócios:

Turismo Gastronômico:

Turismo Religioso:

Esporte

Futebol: Campeonato Municipal

Futsal:

Ciclismo:

Atletismo:

Esportes Radicais:

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Matias Cardoso

Atualmente são 2 distritos, Matias Cardoso (distrito-sede) e Rio Verde de Minas.

1. Matias Cardoso

O distrito-sede de Matias Cardoso tem uma área de 1573.92 km² dos 1942.85 km², ou seja, 81.01% do território.

Mapa do Distrito de Matias Cardoso

2. Rio Verde de Minas

O distrito de Rio Verde de Minas tem uma área de 368.93 km², ou seja, 18.99% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2 de 22/1/1996.

Mapa do Distrito de Rio Verde de Minas

Comunidades Rurais

Comunidades Quilombolas

Mapa da Cidade de Matias Cardoso

Tempo na Cidade de Matias Cardoso

Fontes:

IBGE, Fundação João Pinheiro, Site da Prefeitura de Matias Cardoso, Iepha, Cefedes, Wikipédia, Minas, Emater.