Home > História de Itamarandiba

História de Itamarandiba

Fundada em 24 de setembro de 1862, a cidade que faz parte da microrregião de Capelinha, na mesorregião do Jequitinhonha, Itamarandiba tem um total de 2735,23 km², divididos entre o distrito-sede e os distrito de Contrato, Padre João Afonso, Penha de França, Santa Joana, Dom Serafim, Santa Luzia de Minas, Várzea de Santo Antônio, sendo um município da região de influência do Arranjo Populacional de Belo Horizonte, fazendo divisa com os municípios de Aricanduva, Carbonita, Capelinha, Senador Modestino Gonçalves, Veredinha, Rio Vermelho, São Sebastião do Maranhão, Coluna, Frei Lagonegro e Felício dos Santos, sendo os nascentes na cidade chamados de itamarandibano.

Itamarandiba-MG

Fundada em 24 de setembro de 1862, a cidade que faz parte da microrregião de Capelinha, na mesorregião do Jequitinhonha, Itamarandiba tem um total de 2735,23 km², divididos entre o distrito-sede e os distrito de Contrato, Padre João Afonso, Penha de França, Santa Joana, Dom Serafim, Santa Luzia de Minas, Várzea de Santo Antônio, sendo um município da região de influência do Arranjo Populacional de Belo Horizonte.

Faz divisa com os municípios de Aricanduva, Carbonita, Capelinha, Senador Modestino Gonçalves, Veredinha, Rio Vermelho, São Sebastião do Maranhão, Coluna, Frei Lagonegro e Felício dos Santos, sendo os nascentes na cidade chamados de itamarandibano.

História de Itamarandiba

Indígenas, provavelmente bororos, foram os primitivos habitantes do atual Município de Itamarandiba, restando de sua presença apenas machados e cachimbos de pedra.

Controvertida é a origem da fundação da cidade, atribuída, segundo uns, a Fernão Dias Pais Leme e consolidada por paulistas e, segundo outros, nascida da necessidade de comunicação entre os habitantes da vila do Fanado, atual Minas Novas, com os de outras vilas. Acredita-se que, atraídos pela riqueza e fertilidade das terras, pioneiros aí se tenham fixado, dando origem ao povoado de São João Batista, favorecido por diversos cursos de água.

O núcleo estabeleceu na agricultura as bases da sua economia, dando início, mais tarde, a pequena atividade industrial, com o fabrico de tecidos e até botões feitos de madeira, casca de coité e caramujo, e cobertos de linha. Em 1780, já o ferro era fundido para produção de enxadas, machados, foices, pregos e cravos.

As novas casas foram edificadas com alicerces de pedras e paredes de adobe ou tijolo. Construíram-se o grupo escolar e a cadeia pública.

Origem do Nome

Em 1923, São João Batista recebeu o topônimo de Itamarandiba, vocábulo de origem indígena, derivado (segundo Saint-Hilaire) de ita-pedra, mirim-pequena e ndibá que se move juntamente com outras.

Formação Administrativa

O distrito foi criado pela Lei provincial nº 184, de 3 de abril de 1840; e o Município, com a denominação de São João Batista e território desmembrado do de Minas Novas, pela Lei provincial nº 1 136, de 24 de setembro de 1862, ocorrendo a instalação a 29 de março de 1865.

O distrito de Penha de França foi criado pela Lei Estadual Nº 1.039 de 12/12/1953 (Alvará Provincial de 10/3/1837)

A Lei estadual n° 1, 780, de 21 de setembro de 1877, concedeu foros de cidade à vila de São João Batista, sendo a criação do distrito-sede do Município desse nome confirmada pela Lei estadual n° 2, de 14 de setembro de 1891.

A Lei estadual n° 843, de 7 de setembro de 1923, mudou-lhe a designação de seu distrito-sede para Itamarandiba.

É comarca desde 2 de julho de 1876, por força da Lei n° 2 209.

O distrito de Padre João Afonso foi criado pela Lei Estadual Nº 336 de 27/12/1948

O distrito de Contrato foi criado pela Lei Estadual Nº 8.285 de 8/10/1982

O distrito de Santa Joana foi criado pela Lei Municipal Nº 2631 de 12/03/2014

O distrito de Dom Serafim foi criado pela Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014

O distrito de Santa Luzia de Minas foi criado pela Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014

O distrito de Várzea de Santo Antônio foi criado pela lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014

Bandeira e Brasão

Bandeiras da cidade de Itamarandiba, Minas Gerais, Brasil.
Brasão da cidade de Itamarandiba, Minas Gerais, Brasil.

Geografia

População

O IBGE estima que em 2021 a cidade tenha uma população estimada em 35.130 habitantes, com a densidade demográfica em 2021 sendo de 12.84 hab./km²

Distrito Área
Itamarandiba 1124,80 km²
Contrato 234,96 km²
Padre João Afonso 333,07 km²
Penha de França 221,69 km²
Santa Joana 144,38 km²
Dom Serafim 179,44 km²
Santa Luzia de Minas 155,09 km²
Várzea de Santo Antônio 341,80 km²
Total 2735,23 km²

Aspectos Naturais

Clima: Tropical

Bioma: Mata Atlântica e Cerrado

Economia

PIB per capita 17.062,45 R$ [2020]
Receitas de Fontes Externas 81,7 % [2015]
IDHM 0,646 [2010]

Educação

Escolarização de 6 a 14 anos 97,3 % [2010]
IDEB – Anos iniciais do E.F 6,5 [2021]
IDEB – Anos finais do E.F 5,2 [2021]
Matrículas no E.F 4.563 matrículas [2021]
Matrículas no E. Médio 1.550 matrículas [2021]
Docentes no E.F 279 docentes [2021]
Docentes no E. Médio 147 docentes [2021]
Escolas: E.F 33 escolas [2021]
Escolas: E. Médio 8 escolas [2021]

Cultura & Turismo

Datas Comemorativas, Festas tradicionais e Festivais

24 de Setembro - Dia da Emancipação Política do Município

Relação de Bens Protegidos pelo Município, pela União ou pelo Estado

Capela Bom Jesus da Lapa
Capela de N. Sra. do Rosário dos Pretos Pç. Dr. Afonso Pavie
Capela de Santa Luzia Pç. de Sta. Luzia - B. São Geraldo
Casa – (herdeiros do Espólio de Maria do Amparo Moreira Gandra) R. Padre João Afonso nº 110
Casa Residêncial (propriedade de Espólio de Edmundo Gomes e Maria Estér Fernandes) R. Dona Memeca nº 37
Casa Residencial (propriedade da prefeitura Municipal) R. Largo de Souza nº 87
Casa Residencial – (herdeiros dos Espólio de Antônio Moreira) R. Padre João Afonso nº 02 – Centro
Casa Residencial R. Tenente Azevedo nº 228
Casa Residencial (propriedade de Geralda Vitor Gandra) R. Tiradentes nº 110
Casa Residencial (propriedade de Creusa Soares Costa) R. Tiradentes nº 130
Casa Residencial (propriedade de Vicente Pereira Gandra) R. Tiradentes nº 138
Casa Residencial (propriedade de Ismael Fernandes de Araújo) R. Tiradentes nº 193
Casa Residencial (propriedade de Maria dos Anjos Rodrigues Pavie Piérre) R. Tiradentes nº 31
Casa Residencial – R. Tiradentes s/nº R. Tiradentes s/nº
Fazenda Água Limpa (propriedade de Georg Herinch Matzen) Ditrito de Padre João Afonso
Fazenda Boa Vista (propriedade de Antônio Eustáquio Neves) Ditrito de Santa Joana
Fazenda Santo Antônio Ponte de Santana
Igreja Matriz de São João Batista
Igreja N. Sra. da Penha Distrito de Penha de França
Imóvel - R. Padre João Afonso nº 60 – Centro
Imóvel – (propriedade espólio de Alberto Fernandes), apenas as suas fachadas lateral esquerda e direita, área frontal e suas demais características externas R. Padre João Afonso nº 20
Imóvel - (propriedade de Vicente Valterlício Neves) R. Padre João Afonso nº 08
Imóvel - - B. Fazendinha R. Sinhá Bié nº 34 - B. Fazendinha
Imóvel - (propriedade de Maria Geralda Gusmão) R. Tiradentes nº 34
Imóvel - (Maria dos Anjos Rodrigues Pavie) R. Tiradentes nº 111
Imóvel comercial - (propriedade de espólio de Geraldo Leonardo Campos Costa) R. Diamantina nº 31 – Largo do Souza
Imóvel Residencial – Centro (propriedade de Carlos Dalmo Moreira) R. Cel. Gentil Fernandes nº 76 – Centro
Imóvel Residêncial – (propriedade de Levindo Ramos Vieira) R. Diamantina nº 62
Imóvel Residencial – (propriedade de Paulo Pavie) R. Padre João Afonso nº 112
Imóvel Residencial – (propriedade família Costa e espólio de Gláucio Antônio Costa) R. Padre João Afonso nº 117 – Centro
Prefeitura Municipal – ex-Acesita Tabelião Andrade nº 177
Residência Largo do Souza nº 31
Residência – (propriedade de Raimundo Monteiro Souza) Pç. Getúlio Vargas nº 286
Residência – (propriedade de Pedro Vitor Mendes) R. Aluísio Andrade Câmara nº 116
Residência – (propriedade de Francisco Sales Leal) R. Padre João Afonso nº 38/ 42
Residência – (propriedade de Salete Campos, Geralda Campos Pimenta, Vicente José Costa, Geraldo Ribeiro Campos) R. Padre João Afonso nº 46
Residência – (herdeiros do Espólio de Antônio Basileu Araújo) R. Padre João Afonso nº 72
Sobrado – R. Largo do Souza nº 59
Sobrado – (propriedade de Geraldo Cláudio Leal) R. Padre Afonso nº 8
Sobrado R. Padre Afonso nº 8A
Sobrado (propriedade da prefeitura Municipal) R. Tiradentes nº 169
Sobrado comercial – (proprietário Vicente de Paula Moreira e herdeiros do Espólio de Antônio Eustáquio Moreira) R. Padre João Afonso nº 22 – Centro
Sobrado (propriedade de Maria do Rosário Campos Fernandes) Largo do Souza nº 57
Sobrado Residencial – (propriedade herdeiros de Antônio Basileu Araújo) R. Padre João Afonso nº 17– Centro
Sobrado Residencial e comercial – (propriedade Epitácio Advíncula de Souza) Praça Getúlio Vargas nº 312
Imagem de N. Sra. Sant'Ana
Gruta da Lapa Santa
Conj Paisag. da bacia do rio Jequitinhonha (Proteção Estadual)
Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Roda de Capoeira e/ou Ofício de Mestre da Capoeira (Proteção Federal)
Folias de Minas (Proteção Estadual)
Violas de Minas (Proteção Estadual)

Esporte

Bairros, Distritos e Comunidades Rurais

Distritos de Itamarandiba

Atualmente são 8 distritos, Itamarandiba (distrito-sede), Contrato, Padre João Afonso, Penha de França, Santa Joana, Dom Serafim, Santa Luzia de Minas e Várzea de Santo Antônio.

1. Itamarandiba

O distrito-sede de Itamarandiba tem uma área de 1124,80 km² dos 2735,23 km², ou seja, 41.12% do território.

2. Contrato

O distrito de Contrato tem uma área de 234,96 km², ou seja, 8.59% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 8.285 de 8/10/1982.

Contrato é o maior distrito de Itamarandiba e sua principal atividade econômica está relacionada ao agronegócio. Distante da sede municipal à 22 km o distrito possui em suas imediações grandes plantações de eucalipto e café.

Mapa do Distrito de Contrato

3. Padre João Afonso

O distrito de Padre João Afonso tem uma área de 333,07 km², ou seja, 12.18% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 336 de 27/12/1948.

Fundado em 14 junho de 1914 e situado a 42 quilômetros da sede municipal, o distrito de Padre João Afonso no início chamava-se Socorro em homenagem a nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Padroeira do lugar e consagrada no dia 27 de julho. O atual nome é em homenagem ao Padre João Afonso, que celebrou a primeira missa no lugar.

O distrito de Padre João Afonso possui alguns povoados, dentre eles: Divino, São Pedro, Cachoeira e Bom Sucesso. Na sede do distrito não existe grandes construções, porém, notamos duas árvores, veneradas pelo povo, de nome "TAMBORIL" plantada em 1904. Ao arredor do distrito muitas são as belezas naturais, destacando-se o Parque Estadual da Serra Negra o qual é um dos principais atrativos naturais do município e está protegido por unidades de conservação. O local conta com uma das matas mais preservadas de todos os parques Estaduais do Estado de Minas Gerais e a rica biodiversidade pode ser fotografada nas amplas e exuberantes paisagens.

Mapa do Distrito de Padre João Afonso

4. Penha de França

O distrito de Penha de França tem uma área de 221,69 km², ou seja, 8.10% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Estadual Nº 1.039 de 12/12/1953 (Alvará Provincial de 10/3/1837).

Antes Penha de França já pertenceu à Comarca de Serro, Diamantina, Minas Novas e, finalmente Itamarandiba.

Mapa do Distrito de Santa Rita do Araçuaí

5. Santa Joana

O distrito de Santa Joana tem uma área de 144,38 km², ou seja, 5.28% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2631 de 12/03/2014.

Pelo fato de ser ligada a sede municipal via asfalto e por possuir atrativos turísticos para toda a família, o distrito de Santa Joana é um dos lugares mais visitados e de melhor acesso. O lugar, que foi elevado a Distrito no dia 30 de abril de 2014, fica apenas 22 km da sede municipal e dentre suas belezas merecem destaque: o casarão Eustáquio Neves, as belas planícies com coqueirais, as majestosas fazendas, o artesanato e as inúmeras cachoeiras.

Mapa do Distrito de Santa Rita do Araçuaí

6. Dom Serafim

O distrito de Dom Serafim tem uma área de 179,44 km², ou seja, 6.56% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014.

O pacato lugarejo, próximo a sede municipal a 18 km, foi elevado a categoria de distrito em abril de 2014 e está localizado nas margens da MG-214. O distrito tem ao centro a Igreja de São Sebastião e casarões seculares.

Mapa do Distrito de Santa Rita do Araçuaí

7. Santa Luzia de Minas

O distrito de Santa Luzia de Minas tem uma área de 155,09 km², ou seja, 5.67% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014.

Elevado a distrito em abril de 2014, a comunidade de Santa Luzia passou a se chamar Santa Luzia de Minas. A mudança de nome tornou-se necessária pelo fato de Minas Gerais já possuir distrito com a nomenclatura Santa Luzia. O distrito, localizado às margens do Rio Itamarandiba, tem ao centro a Igreja de Santa Luzia e possui vista privilegiada para a majestosa Serra Tromba D’anta, considerada um dos pontos marcantes do Parque Estadual da Serra Negra.

Mapa do Distrito de Santa Rita do Araçuaí

8. Várzea de Santo Antônio

O distrito de Várzea de Santo Antônio tem uma área de 341,80 km², ou seja, 12.50% do território, a lei de criação do distrito é a Lei Municipal Nº 2632 de 12/03/2014.

Considerado um dos mais charmosos lugares do município de Itamarandiba, Várzea de Santo Antonio foi elevado a distrito no dia 30 de abril de 2014. Com população aproximada de 500 habitantes o distrito, que é banhado pelos Rios Itapirapoã e Pinheiro, tem na pecuária e silvicultura a principal atividade econômica.

Mapa do Distrito de Santa Rita do Araçuaí

Comunidades Rurais

Algumas delas são:

Mapa da Cidade de Itamarandiba

Tempo na Cidade de Itamarandiba

Distâncias

Distância Entre Itamarandiba e Belo Horizonte:

Distância Entre Itamarandiba e Teófilo Otoni:

Distância Entre Itamarandiba e Almenara:

Distância Entre Itamarandiba e Araçuaí:

Distância Entre Itamarandiba e Capelinha:

Distância Entre Itamarandiba e Diamantina:

Distância Entre Itamarandiba e Pedra Azul:

Fonte: IBGE

Fonte: Fundação João Pinheiro

Fonte: Site da Prefeitura de Itamarandiba

Fonte: Iepha